You are currently browsing the tag archive for the ‘Ana Paula’ tag.

anapaula

A crise econômica deve ter atingido em cheio o casal Lima.

Ana Paula apareceu ontem usando um vestido feito com as cortinas da sala.

(Alinhás, essa camisa do JPK deve ser a mesma que ele comprou no Liquida Blumenau de 2007. A calça dele, quando ele não tá usando, deve servir de caminha pro cachorro).

(Foto retirada do Jornal de Santa Catarina sem autorização expressa do veículo).

anaedecio

  • Encontrei o Deciolino e a Ana Paula na Cãominhada com os cachórros deles.
  • Vou votar na Ana Paula pra estadual e no JPK pra federal.
  • Voto no Decião se ele concorrer a senador.
  • Décio no Senado seria uma boa.
  • Mas ele disse que vai sair a federal de novo.
  • Só iria ao Senado em coligação com o PMDB.
  • Boa sorte pros dois

voadora

  • Minha ídola na AL e minha candidata a deputada, detonou o João Paulo, meu ídolo do Badesc e meu candidato a deputado federal.
  • APL atacou JPK citando auditoria do Tribunal de Contas do Estado nas contas da prefeitura que “constatou despesas liquidadas (pagas) e não empenhadas, no valor de R$ 26,2 milhões”.
  • Ela diz que “dos R$ 26,2 milhões, R$ 15 milhões referem-se ao Fundo Municipal de Saúde (FMS), R$ 9,3 milhões à prefeitura municipal, R$ 1,4 milhões ao Samae e R$ 390 mil ao fundo municipal de assistência social. O ex-prefeito autorizou e pagou R$ 26 milhões em despesas não empenhadas. Isso é crime. Isso é ilegal. Imaginem o que esse cidadão está fazendo no Badesc?”
  • Clique aqui para ver os detalhes do pancadão.
  • O Jean Kuhlmann apresentou projeto na AL que estabelece a obrigatoriedade de “identificação por parte do comprador de produtos fumígenos e derivados de tabaco”.
  • A identificação deverá ser feita com a apresentação de documento com foto.
  • Esse é o mais interessante projeto apresentado por um dos briosos deputados de Blumenau depois da brilhante iniciativa da Ana Paula Lima pra mudar o nome do crack para “pedra da morte”.
  • Semana das sangrias em Blumenau.
  • Sangria do chope da Oktober.
  • Sangria dos votos da Ana Paula.
  • O PSD está pedindo apoio da Dilma para ter os votos do PT.
  • O PSDB saiu do governo só porque que acha que vai ganhar.
  • VOLTA, OSNI!!!!
  • SOCORRO, ANA PAULA!!!!

Jean Kuhlmann removeu o vídeo da discórdia e eu fiquei pendurado na brocha. Paguei um mico ao dizer que não via nada de errado nele, assim como no caso da Ana Paula.
Mas isso não é nada.
Prevejo coisa pior.
Do jeito que a coisa anda, vou acabar tendo que fundar um pequeno zoológico especializado em micos.

  • Hoje pela manhã, na Nereu, a Ana Paula pediu pro pessoal votar nela pra ganhar já o primeiro turno e disse, textualmente, que “assim a novela vai voltar ao horário normal” e “todos vão poder curtir a Oktoberfest“.
  • Achei criativo e engraçado e postei comentário a respeito no Facebook.
  • Não critiquei a Ana Paula. Não dei lição de moral nela.
  • Durante o dia todo, nas redes sociais, Jean Jackson vem sendo malhado e espancado por ter soltado um comercial dizendo a mesma coisa.
  • Não vejo nada de errado no comercial. Trata-se de um chiste, assim como chiste foi a declaração da Ana Paula.
  • Tem gente descendo-lhe o porrete, e chegaram a afirmar que ele removeu o vídeo do Youtube.
  • Estive lá agora e o vídeo estava lá, intacto, no canal dele.
  • Há toda uma movimentação nervosa, raivosa e furiosa do PT pra cima do doce, meigo e afável Jean Jackson, cujos partidários estão quietinhos.
  • O pessoal do Napoleão tem pegado carona, repassando as cacetadas.
  • Haveria, por trás disso, algum motivo de preocupação por parte da turma da Ana Paula?

QUEM AMA NÃO BATE

  • Quem ama cuida, quem ama não bate.
  • Quem está na frente vai tranquilo, não fica parando no meio do caminho esperando quem está atrás para distribuir coiçadas.
  • Tem alguma coisa preocupando muito a líder de todas as pesquisas.
  • Essa semana declarei meu voto no Jean Kuhlmann.
  • Mas isso não significa que minhas opiniões passem a ser tendenciosas.
  • Pelo contrário: agora mesmo é que preciso reforçar os pilares de sustentação do verdadeiro jornalismo, redobrando a atenção para com a imparcialidade.
  • As fotos abaixo comprovam o respeito e a absoluta neutralidade com que trato os candidatos a prefeito de Blumenau.
  • Perceba que não há qualquer tipo de privilégio.
  • As fotos foram colocadas em ordem alfabética.
  • Além disso, estão do mesmo tamanho e com a mesma qualidade.
  • Ética, isenção e compromisso com a verdade – esse é o meu lema.

  • Napoleão distribuiu nota criticando a Ana Paula e o Jean Kuhlmann por não irem a um debate na Band SC.
  • Foi um erro.
  • Candidato que reclama que outro não vai a debate não ganha nada.
  • Pelo contrário. Só perde. A turma não gosta dessas coisas.
  • Além disso, é muito cedo pra se pensar nisso. A campanha ainda não engrenou.
  • Vou dar um conselho pro Napoleão: sempre que receber um convite para um debate, saia na frente e divulgue rapidamente que aceitou o convite.
  • Aproveite pra fazer propaganda e enfie algum discurso no meio, dizendo que no debate você quer debater isso ou aquilo, etc.
  • Esqueça os outros candidatos. Sequer os mencione e não perca tempo dizendo que espera que os demais compareçam.
  • Concentre-se em passar um recado positivo e propositivo, aproveitando o gancho.
  • Faça isso logo que receber o convite pro debate.
  • Se ele depois for cancelado por causa dos outros candidatos ou se for um debate de pouca expressão, você terá passado uma mensagem propositiva.
  • Elegante e moderninha, Ana Paula não deve ter dificuldades para trocar o vermelho pelo rosa na campanha

    O maior desafio da Ana Paula na campanha para a prefeitura será vender ela mesma e não o PT.

  • Passei pelo mesmo desafio em 2000, quando cuidei do programa de TV do Décio Lima, candidato à reeleição.
  • Cito dois episódios emblemáticos de como a militância petista pode incomodar:

OS ÍNDIOS

  • Durante o período do horário eleitoral filmamos o desfile dos 150 anos de Blumenau. Bem no final do desfile meteram uns índios de Ibirama, que pararam no palanque oficial para saudar o Décio.
  • A turma do PT adorou as imagens e queriam que elas fossem ao ar.
  • Mas eu não queria usá-las. Ninguém em Blumenau está preocupado com índio nenhum, não temos índio na cidade e a imagem deles com o Décio poderia trazer rejeição.
  • Felizmente, graças ao pragmatismo do Décio, elas não foram veiculadas. Essa eu ganhei.
OS ESTUDANTES
  • Fábio Fiedler era presidente do DCE, era do PFL e aproveitou a campanha para protestar contra o não repasse de dinheiro da Prefeitura para a Furb.
  • Trata-se de uma dívida discutível, que todos os candidatos prometem, mas nenhum prefeito paga.
  • Fabão chegou a promover um enterro simbólico do Décio, com todo mundo vestido de preto.
  • O enterro e as criticas foram veiculadas no programa de TV do Paulo Gouvêa, candidato do PFL.
  • A militância petista entrou em polvorosa.
  • Exigiam tempo no programa do Décio para rebater as críticas, pois o PT era aliado histórico dos estudantes, blá blá, blá, e patati patatá…
  • Mas tínhamos em mãos uma pesquisa apontando que a questão a Furb era mencionada apenas por 1% da população.
  • Meu maior desafio foi segurar os petistas, mostrando a eles que estava havendo muito barulho por nada.
  • Novamente o pragmatismo do Décio ajudou bastante.
  • A gente se fingiu de morto, deixamos o Fábio Fiedler espernear e ficou tudo por isso mesmo.
  • Décio foi reeleito com  63% dos votos.

TROCANDO DE COR

  • Lula e Dilma nos últimos aos abrandaram as cores do PT.
  • Não sei a quantas anda a influência da militância na campanha da Ana Paula.
  • O desafio da Ana Paula será vender ela mesma e não o PT, suas cores, seus ideais e suas firulas ideológicas.
  • Ana Paula precisa trocar o vermelho pelo rosa.
  • Nisso, o Décio pode ajudar.
  • Qual o peso das mídias sociais nas eleições a prefeito de Blumenau?
  • Difícil dizer, mas o certo é que a cada ano elas aumentam de importância.
  • Embora ainda estejam muito distantes de atingir a grande massa de eleitores. podem funcionar como irradiadoras de ideias e propostas a determinados nichos de eleitores.
  • Fiz um apanhado da presença dos três principais candidatos no Twitter e Facebook.
  • Somadas os vários perfis de todos juntos, eles somam 38.070 seguidores.
  • Isso representaria 16% dos cerca de 226 mil eleitores de Blumenau, caso todos os amigos e seguidores tivessem domicílio eleitoral na cidade.

  • JEAN KUHLMANN é o campeão das mídias sociais:
    4.430 seguidores no Twitter
    14.092 amigos em dois perfis no Facebook.
    Total: 18.522
  • NAPOLEÃO BERNARDES  vem em segundo:
    3.587 seguidores no Twitter.
    8.753 amigos no Facebook.
    Total: 12.340
  • ANA PAULA é a terceira.
    1.924 seguidores noTwitter.
  • 5.284 amigos no Facebook
    Total: 7.208 
  • Colombo esteve em Blumenau de manhã para entregar algumas viaturas, câmeras de vigilância e novos soldados pra PM.
  • Mesmo estando dentro do Batalhão, foi completamente cercado pelo inimigo: Ana Paula, Vanderlei e Jovino deram um jeito de acuar o governador, cobrando coisas para Blumenau.
  • Raimundo Colombo deverá apresentar renúncia nas próximas horas.

Minha coluna na Folha de Blumenau de 10/03/12

O PCdoB lançou o Arnaldo Zimmermann candidato a prefeito de Blumenau. Deve ser só charminho pra chamar atenção da Ana Paula e do Décio. O PCdoB sempre foi penduricalho do PT, estratégia que rende a seus dirigentes empreguinhos de terceiro e quarto escalões.

O PCdoB de Blumenau vai fazer o que os chefes do diretório nacional mandarem.

Se mandarem distribuir panfletos da Ana Paula, a turma vai ter que obedecer democraticamente na marra. Espero que o PCdoB concorra mesmo. Seria divertido acompanhar a campanha do partido.

O Arnaldo Zimmermann é tão comunista quanto o Jorge Bornhausen e o PCdoB é um fóssil político, um protozoário ideológico. Uma boa estratégia seria mandar o Arnaldo para a Coréia do Norte gravar um depoimento de apoio do Kim Jong-um, levando algumas cestas básicas pra ajudar o povaréu faminto de lá.

Oscilações
Caminhei no Ramiro em companhia de um graduado líder tucano. Ele acha que no momento as chances de coligação no PMDB pendem para o PSD com 52%.

Plano
Ana Paula, Napoleão, Jean Kuhlmann, Arnaldo e os outros 756 pré-candidatos a prefeito bem que poderiam começar já a falar em um plano de governo para a cidade. Vai ser chato ir todo mundo pra campanha com aquela história de que “estamos preparando um plano de governo com a sua participação. Aguardamos  a sua sugestão”.

Pequenas gentilezas

Fui na Ótica Schwabe no sábado para trocar a bateria do relógio. Na minha frente, outro cliente fazia o mesmo. O veterano relojoeiro desmontou o aparelho, testou a bateria, viu que ela estava boa e o remontou. “Não precisa trocar a bateria. Era só um mau contato, mas já consertei”. O cliente perguntou o preço. “Não foi nada. Tenha um bom fim de semana”.

Na quinta-feira, ao abastecer o carro no Auto Posto Blu, surgiu um problema na tampa do tanque do meu carro. Sugeriram que eu fosse na G. Gomes, logo ao lado. O funcionário que me atendeu fez todos os testes, identificou o problema e conseguiu abrir a tampa. Pedi pelo preço. “Não foi nada, deixa assim”.

É bacana ver que Blumenau ainda tem dessas coisas de antigamente.

Confusofest
A Ampe promove no final do mês um evento chamado Emprefest. O negócio me pareceu meio confuso, a julgar pela entrevista de um divulgador na Nereu, sexta de manhã. Pelo que entendi,  vai ter uma feira de mulher e a turma vai ter que passar por ela pra entrar no evento.

A única coisa que realmente me preocupa é que vai ter coral italiano no meio do troço. Fui criado no meio deles. Coral italiano é a coisa mais chata do mundo. Ainda bem que vai ter cerveja.

De sobra
César Paulista é um daqueles casos típicos do sujeito que é mais competente do que imagina. Ao contrário de muita gente que pensa exatamente o contrário de si próprio.

Eficiência temporária
A Furb está inaugurando um novo e moderno sistema de telemetria. Podemos ter certeza de que vai funcionar perfeitamente até a próxima enchente.

Rasteira
A arquitetura de Blumenau é tão baixa que estão chamando prédios de 20 andares de arranha-céu.  Mas vai demorar para a cidade ter um. Por enquanto só temos arranha-chão.

  • Ana Paula foi escolhida candidata do PT com apenas 58% nas prévias.
  • Isso quer dizer que Vanderlei perdeu por apenas 8 pontos percentuais.
  • Vanderlei é um personagem quixotesco, politicamente desarticulado e sem estrutura.
  • É o nosso Dom Quixote.
  • Ele mostrou que tem certa força no partido, mesmo não sendo um politico de grande expressão.
  • A votação da Ana Paula contabiliza também o peso dos votos do Décio.
  • Foram dois deputados contra um vereador 
  • Ou seja, foi preciso a soma dos dois pra ganhar do Vanderlei por uma margem não muito expressiva.
  • Mas essas coisas de dentro do partido não importam.
  • Ana Paula e Décio Lima são muito maiores que o PT de Blumenau.
  • Na campanha, serão os dois contra o resto.
NAPOLEÃO E JEAN KUHLMANN NO SEGUNDO TURNO
.
  • Ana Paula ganhou as prévias, mas deve perder as eleições para o PSDB ou para o PSD.
  • Se Napoleão e Jean Kuhlmann juntarem as forças, podem levar no primeiro turno.
  • Se disputarem em separado, correm o risco de irem os dois pro segundo turno.
  • O PT está muito desgastado em Blumenau.
  • O segundo governo do Décio foi um desastre.
  • Tanto que ele tomou uma surra na eleição passada.
  • Décio passou a campanha mostrando um monte de coisas que fez para a cidade.
  • Não foi ouvido. Ninguém teve saudades dele.
  • Ana Paula vai dizer o quê de diferente?
  • Vai colar sua imagem à do marido?
  • Vai se desvincular dele?
  • Ana Paula entra na campanha com o percentual de votos cativos do PT.
  • Vai ser difícil aumentar esse capital com a pesada imagem do Décio nas costas.

Minha coluna na Folha de Blumenau de 03/03/12

O PT vai escolher a Ana Paula como candidata a perder a eleição. Mas ela não será a única a perder. O PSDB, que tem se mostrado excessivamente confiante na candidatura do Napoleão, precisa ficar atento. A eleição será decidida basicamente pelas ações e estratégias de um único personagem. O nome dele é João Paulo Kleinübing, nosso digníssimo prefeito municipal.

João Paulo é um daqueles sujeitos que comem pelas beiradas, devagar e sempre, sem o risco de se queimar. Ele também tem um carisma muito peculiar, que surpreende e funciona mesmo com aquela cara de aborrecido e impaciente que ele faz de vez em quando. É um político que não precisa ser populista. É um adversário perigoso, como o PT descobriu em 2004 e 2008.

João Paulo, o Absoluto, não pode ser subestimado nem pelo PT, nem Pelo PSDB. Ou correm o risco de chorar as pitangas juntos, sentadinhos num daqueles bancos da Beira-Rio, um chorando no ombro do outro.

Briga de raposas

O João Paulo é bom. Mas o Dalírio Beber também é. O cara é fera. Dalírio é o homem por trás do PSDB. Conquistou respeito e mostrou grande capacidade de articulação no governo LHS e destacou-se também junto ao Colombo.  Vamos ver como é que ele se sai no confronto direto com o João Paulo. A briga é boa.

Dalírio vive longe dos holofotes e é um trator, uma máquina de trabalhar. É inteligente, sagaz e habilidoso. Ainda bem que sou amigo dele. Um grande abraço pra você, Dalírio. Apareça pra tomar um café. Você é italiano, eu também sou, mas pode deixar que eu pago.

Xadrez
O PSDB fez uma bela jogada ao definir a pré-candidatura do Napoleão durante a semana. Assim, não deixa Ana Paula entrar sozinha no tablado.

Cozinhando

A candidatura do Napoleão está sendo fritada em fogo brando. Tão brando que nem ele mesmo deve estar percebendo. Há um processo lento e sistemático de desconstrução dela. O desafio do comandante Dalírio é adotar uma estratégia para reverter esse processo.

O coelho e o cágado

Com as pré-candidaturas do PT e PSDB na praça, a turma pode estar pensando: ué, onde está o Jean Kuhlmann? Nessas horas eu me lembro daquela fábula da lebre e a tartaruga.

A nossa Ângela

Ana Paula ganha as prévias do PT. Deve ficar com no mínimo 60% dos votos do povo do PT. Seria bom ter uma vitória folgada, pra mostrar unidade do partido, etc, etc. Mas esse tipo de coisa só é bonito no papel. Partidos não importam. Importam os candidatos. Com ou sem maioria folgada, Ana Paula seguirá em frente.

Ela consegue

Ana Paula é a nossa Ângela Amin. Entrou na política pelas mãos do marido e vai ficando melhor que ele. Levo fé na moça. Pena que vai perder a eleição. Mas tem futuro. Mais pra frente ela consegue.

Só pra inticar

Se o Vanderlei vencer as prévias do PT, mudarei de nome no meu blog. Durante uma semana passarei a me chamar Zenilda Tonet.

Encontrei a Ana Paula pessoalmente ontem depois de muito tempo. Ela foi no lançamento do SC Gourmet. Ficou o tempo suficiente pra que eu fizesse a foto acima dela com a Albaneza, minha mulher. As duas já foram do PT juntas. Alinhás, eu também já fui do PT. Albaneza e eu fomos expulsos numa daquelas brigaçadas internas do PT. NA troca de pernadas, ficamos do lado oposto ao da Ana Paula e do Décio. Perdemos. Faz parte. Bons tempos. Tudo muito divertido.
__________________________________________________________
 ..
  • Eu tenho sonhos.
  • Você tem sonhos.
  • Acho que até meu cachorro tem sonhos. De vez em quando ele acorda meio assustado, provavelmente depois de ter sonhado que algum gato gigante o perseguia.
  • E se nós podemos sonhar, o Vanderlei também pode.
  • Ele sonha em ser candidato a prefeito.
  • Em 2010 Vanderlei vez um acordo com o Décio Lima. Desistiu de ser candidato a deputado estadual sonhando em ser apoiado pra prefeito em 2012.
  • O sonho do Vanderlei virou pesadelo.
  • Agora ele sonha em vencer as prévias do PT.
  • Vai perder para a Ana Paula.
  • As prévias do PT de Blumenau, como em muitos outros partidos, funcionam a partir de um universo controlado.
  • Votam militantes em dia com a tesouraria.
  • Cada candidato vai para as prévias com uma listagem de todos os votos previamente contabilizados.
  • Vanderlei não tem nada a perder.
  • Ana Paula só vai para o voto se tiver certeza de que vai ganhar.
  • Senão, finge uma dor de barriga e fica em casa.
  • Ana Paula deve ganhar do Vanderlei sem problemas.
  • A questão é que ela precisa fazer uma diferença significativa de votos.
  • Isso significa fazer mais de 70% dos votos.
  • Ela precisa de uma vitória maiúscula.
  • Se ganhar raspando, já começa mal a campanha.
  • Ficará clara uma divisão no partido.
  • A turma vai começar a dizer que ela não tem força.
  • Vanderlei dar-se-á por satisfeito se fizer 40% dos votos. Já poderá se considerar vingado pelo rastel nas costas que tomou do Décio.
  • Mas o problema da Ana Paula e do PT não são os votos, as prévias e as disputas internas.
  • O problema dela se chama-se João Paulo, o Absoluto, um sujeito que come pelas beiradas.

Ronaldo Baumgarten Jr. é um sujeito preparado, extremamente competente,  com uma apurada visão de futuro. Ele se preocupa tanto com o futuro que já está pensando na própria sucessão frente à Acib. E é tão competente que já decidiu quem será o sucessor. Serei eu. Ronaldo me visitou durante a semana e implorou para que eu o substitua no comando da Acib.

Aceitei o convite, mas impus algumas condições, que ele foi obrigado a aceitar: 1) A Acib enviará mensalmente, a todos os associados, três caixas de cerveja e dois quilos de picanha. 2) A sala de reuniões será imediatamente transformada em um agradável ambiente para happy hour, recebendo os associados em sistema de open bar, com direito a telão para acompanhar jogos de futebol. 3) E o item mais importante: todas as vezes que eu estiver presente será servido torresmo também por conta da Acib.

Na foto abaixo, Ronaldo mostra toda a felicidade com a minha decisão. Ele garantiu que a próxima reunião de diretoria será realizada já com as implementações por  mim exigidas, incluindo o meu torresminho.

Sem disputa

Décio deverá desistir da pré-candidatura a prefeito no PT. A ideia por trás disso seria demonstrar um ato de abnegação em nome da unidade partidária, pressionando Vanderlei a fazer o mesmo.

Ana Paula em vantagem

Na boca de urna interna do PT, Ana Paula vai abrindo vantagem de 60,9% dos votos em relação ao Vanderlei. É alguma coisa, mas não é muito. Se a turma do Vanderlei pegar forte, pode equilibrar as coisas.

Mas acredito que a Ana Paula deva aumentar um pouco mais essa diferença.

Respirando aliviado

A desistência do Décio pode ser um alívio para Jefferson Forest. Ele estava há quase um mês sem dormir, sem saber se votava no sogro ou na sogra na convenção. A pressão estava demais. Numa madrugada, ao assaltar a geladeira, Jefferson tomou um susto. Décio estava sentado em cima da gaveta de legumes:

– Oi, Jeff. Eu sabia que você viria. Agora que estamos aqui sozinhos, às quatro da madruga, me diz aí: vais votar em mim, não vais?

Num outro dia, Jefferson encontrou o carro com dois faróis quebrados. Ana Paula estava recostada na porta da garagem, segurando um pé-de-cabra:

– Bom dia, Jeff. Pelo que vejo, seu carro sofreu um pequeno “acidente”.  E por falar em “acidente”, você já decidiu em quem votar? Ah!, acho bom verificar os freios, hein?

Sorte

O asfalto da alça de acesso do viaduto da Via Expressa cedeu. Tem gente achando isso ruim. Achei ótimo. Na verdade, tivemos sorte. Poderia ter sido pior. Não nos esqueçamos de que o viaduto da Ponte do Tamarindo simplesmente caiu e não matou ninguém por milagre.

Publicado originalmente em minha coluna na Folha de Blumenau, 26/02/12

  • Décio Lima desistiu das prévias do PT.
  • A desistência do Décio é um alívio para o Jefferson Forest.
  • Ele estava há quase um mês sem dormir, sem saber se votava no sogro ou na sogra na convenção.
  • A pressão estava demais.
  • Numa madrugada, ao assaltar a geladeira, Jefferson tomou um susto. Décio estava sentado em cima da gaveta de legumes:

Oi, Jeff. Eu sabia que você viria. Agora que estamos aqui sozinhos, às quatro da madruga, me diz aí: vais votar em mim, não vais?

  • Num outro dia, Jefferson encontrou o carro com dois faróis quebrados. Ana Paula estava recostada na porta da garagem, segurando um pé-de-cabra:

Bom dia, Jeff. Pelo que vejo, seu carro sofreu um pequeno “acidente”.  E por falar em “acidente”, você já decidiu em quem votar na convenção? Ah!, acho bom verificar os freios, hein?

Vamos para mais uma eleição preocupados com a representatividade política da região de Blumenau. Pra que servem e o que fizeram nossos deputados eleitos em 2006? Fiz a minha própria reflexão:

Décio Lima – É hoje deputado por segunda opção. Quis largar a Câmara para voltar à prefeitura. Só está no Congresso por que não conseguiu. Como não sei como agiria o suplente dele, não sei se ganhamos se perdemos ou se ficamos na mesma.

Ana Paula – Parece ter gostado das funções executivas da Assembléia. Tem um cargo importante, dirige muitas sessões, aparece toda empetecada na TVL e é uma das mais destacadas defensoras da praia de Armação, de Florianópolis. O resto é feijão com arroz.

Jean Kuhlmann – Traiu o nosso voto logo de cara. Largou o mandato para ocupar uma secretaria meia-boca do Luiz Henrique. Quando viu que o cavalo era manco, apeou e voltou para a Assembléia. Era uma aposta do empresariado para suceder o João Paulo. Não é mais. A turma cansou dele. Chega ao final do mandato menor do que entrou.

Gilmar Knaesel – Esse nem adianta comentar. É eleito deputado há mais de 200 anos só pra dar a vaga para alguém de outro lugar, já que nunca assume. Elegê-lo significa subtrair automaticamente um deputado da nossa região. Bem que ele podia transferir o domicílio eleitoral lá pras bandas de Santa Rosa de Lima, dando a vez para outro.

João Pizzolatti – Só apareceu quando foi pra brigar com o João Paulo. Ele deve ter feito alguma coisa de bom, mas eu desconheço. Então, não posso comentar nada.

Quantidade x qualidade

Um dos fatores que contribuem para a força política de uma região é o peso individual de seus políticos. E nisso estamos mal.

Estamos tão mal que nossa maior estrela no atual processo eleitoral foi o Ulrich Kuhn, cotado para ser vice da Ideli durante algum tempo. O resto da turma permanece no baixo clero.

No galinheiro dos outros

Costumamos reclamar que o blumenauense vota em candidatos de outras regiões. Mas tem um detalhe: nossos candidatos também buscam votos em outras praças, invadindo territórios dos outros e se comprometendo com outros interesses. Entre no site do Décio Lima, por exemplo. Você verá que o Homem dá bicadas no Sul, faz projetos para o Contestado, cisca no Oeste e até já deu comoventes abraços em velhinhos num asilo de Mafra.

Depois a turma reclama que o César Souza e a Ângela Amin vem tirar votinhos daqui.

A nossa responsabilidade

Erramos ao colocar nas costas de nossos limitados políticos a culpa integral pela nossa falta de resultados na área política. Parte da responsabilidade também é nossa. A sociedade precisa se organizar em torno de alguns temas essenciais e, a partir daí, sistematizar uma forma de acompanhamento, cobrança e operacionalização.

Alguma cidade tem conseguido resultados bastante positivos agindo assim. Talvez seja a hora de fazer o mesmo por aqui.

Internet a facão

Vou insistir. Vou bater o pé. Vou reclamar até morrer. Não existe nada na internet tão tosco, tacanho e arcaico quanto o site da nossa estimadíssima Câmara de Vereadores. Já desisti de pedir pro Mantau dar um jeito na coisa. Não vejo a hora de que assuma outro presidente, capaz de dar um jeito naquela horrorosidade.

Até o Fritz Müller faria um site melhor, enquanto estivesse sentado no barranco do rio olhando pros sapos e pererecas.

Modernos

Napoleão Bernardes promoveu um bate-papo ao vivo com eleitores pela internet. Uma novidade interessante. Marcelo Schrubbe tem produzido vídeos de 30 segundos, em que aparece opinando sobre alguns temas.

Aos poucos, a turma vai aderindo às novas ferramentas de comunicação.

A deputada Ana Paula Lima postou dezenas de fotos em seu site sobre a ressaca que atinge a praia de Armação, de Florianópolis. A deputada Ana Paula Lima fez discurso indignado exigindo ação do governo em favor da praia de Armação, de Florianópolis. A deputada Ana Paula Lima visitou pessoalmente praia de Armação, de Florianópolis, junto com a Ideli e várias autoridades.

Parabéns pelo trabalho intenso em favor da praia de Armação, de Florianópolis, deputada. É um exemplo a ser seguido.

Espero que nas próximas eleições Blumenau consiga eleger uma deputada assim valente, que dedique as catástrofes naturais da região o mesmo fervor e interesse que a senhora demonstra pela praia de Armação, de Florianópolis.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Twitter

  • Veja artigo da Benner sobre gestão de benefícios. lnkd.in/du65mdX 6 hours ago
  • Presidente da Teka dá uma xingada geral nas decisões judiciais, diz que elas são um risco para a empresa e larga o c… lnkd.in/dZkaQfG 13 hours ago
  • A Dudalina comunicou a demissão de mais 20 pessoas. É o terceiro lote de demissões da empresa em 2017. Em abril fo… lnkd.in/dTqkXNY 14 hours ago
  • Liminar no DF permite a cura gay. E a cura hétero? Se eu quiser virar gay, posso buscar tratamento para tentar uma reorientação sexual? 1 day ago
  • Exército não dá conta de meia dúzia de vagabundo em favela com suas "operações de inteligência" e tem general querendo intervenção militar 1 day ago

Comentários

Carlos A. D'ávila em Vazio existencial
Carlos A. D'ávila em Tristeza
edu em Tristeza
edu em Tristeza
Marcos Antônio Perei… em Baio, o zagueirão de Rio do Oe…

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 275 outros seguidores

Agendoca

setembro 2017
S T Q Q S S D
« ago    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Blog de Carlos Tonet

Jornalista e marceneiro

Crítica (non)sense da 7Arte

Blog com críticas de cinema

%d blogueiros gostam disto: