Minha caminhadinha matinal de domingo de manhã passo em frente ao Obs e é aquela coisa: garrafa de vodka no chão, latas de cerveja e calçada suja.

Lembrei do filme que vi ontem: Fome de Poder.

História do cara que criou a franquia do McDonald’s e que depois acabou comprando o nome da empresa, tornando-se bilionário.

Sabem o que ele fazia?

Ficava puto com a sujeira e varria ele mesmo a frente das franquias que visitava, até de madrugada, e dava esporro em todo mundo por causa disso.

Dizia que limpeza era importante para os negócios, para a imagem da empresa.

Sei que em Blumenau andou rolando proposta de lei não sei de quem, que mandava os bares e casas noturnas limparem as calçadas em seu entorno.

Não sei como ficou o troço, mas nem precisava de lei.

O exemplo do cara do McDonald’s deveria ser suficiente.

O filme é bem bacana. Netflix.


CEO do Macdonals varrendo loja