Anselmo Lessa vai ganhar um busto na frente da Câmara.

Anselmão salvou os 15 vereadores do maior vexame da História.

Ele deu uma bela miguelada jurídica e produziu um parecer recomendando a não instalação da CPI do esgoto.

Nem vou entrar nos detalhes do documento, que deverá ser publicado no site da Câmara.

Estou absolutamente desconvencido de todos os argumentos que ele apresentou.

Agora os vereadores vão usar o parecer pra aniquilar da ideia de uma CPI.

Jovinão deu uma bufada, mas vai ficar por isso mesmo.

ALÍVIO GERAL

A CPI seria um vexame inenarrável.

Nossa Câmera não tem estrutura, pessoal técnico capacitado nem recursos para repetir em Blumenau uma mini Lava-Jato.

Os vereadores estão aliviados, quase todos estavam arrependidos da besteira que fizeram quando assinaram o pedido de CPI.

Vão se escorar no parecer do Anselmo para justificar a desnecessidade da CPI.

A ORIGEM DA CPI

A CPI começou porque Jovino estava se sentindo triste e abandonado.

Então ele procurou o Napoleão: “Estou triste a abandonado”.

“Problema teu”, ouviu.

Então ele propôs a CPI pra intisicar.

Só que nem ele mesmo achava que conseguiria as assinaturas.

VOANDO

Jovino conseguiu as assinaturas porque tinha outros vereadores tristes e abandonados.

Napoleão estava voando fora do ninho, focado em sua campanha de governador.

Deixou de dar atenção à base, transferindo as coisas pro Mário.

VEXAME

Não fiqueis tristes nem vos decepcionei.

A CPI da Foz seria dotada do mais alto grau de lamentabilidade.

Seria tão ou mais canhestra, vergonhosa e calamitosa do que a CPI do Jovinão.

Os caras não saberiam nem por onde começar.

OBRIGADO, ANSELMÃO

Agradeçamos ao Anselmo Lessa.

Além de poupar nosso tempo e evitar que passássemos por uma grande encheção de saco, a miguelada jurídica dele ajudou a economizar recursos públicos.

Na imagem, busto do Anselmo Lessa já encomendado pela Câmara.