Vai ter greve geral na sexta-feira.

Tudo certo, não tem nada errado.

Pessoal dizendo que a greve deveria ser dia 1º de Maio.

Nada disso.

Se é pra fazer greve, tem que ser em dia útil.

Galera do DCE da Furb reclamando que professores não devem parar.

Está tudo no direito.

Professores podem parar, alunos podem reclamar.

Ônibus vão parar.

Também está no direito deles.

Vejam na Venezuela.

Todo mundo fazendo greve todos os dias.

A greve de sexta vai causar algum tormento, mas será um fracasso.

Vai ser boa pras reformas.

Os sindicatos só conseguem mobilizar a si mesmos.

A greve vai ser boa para mostrar que o Brasil não é contra as reformas.

Se fosse, ia ter gente na rua que nem na Venezuela.

A greve também vai funcionar para enfraquecer a CUT, o PT e toda aquela turminha que anda grudado neles, já que só eles pararão e falarão pra eles mesmos.

Alinhás, com o fim do Imposto Sindical, vai ficar cada vez mais complicado comprar pão com mortadela e fretar ônibus pra importar protestadores.