Ana Paula era a Musa na planilha da Odebrecht.

Napoleão era o Conquistador.

Nas imagens, trechos das menções a eles nos despachos do Fachin.