Hoje tem protesto contra a corrupção.

Interessante observar como determinados grupos toleram ou destoleram determinadas coisas.

Os organizadores do protesto de hoje sempre tiveram apoio da Fiesp.

A Fiesp é a principal voz dos empresários do País.

É a grande caixa de ressonância que reverbera entre todas as demais instituições.

O presidente da Fiesp é Paulo Skaf.

Um grande moralista meritocrata.

Paulo Skaf está na lista do Janot.

É o “Tabule” da lista do Caixa 2 da Odebrecht.

É acusado de receber pelo menos 10 mijones de reales, de acordo com a dedação da Odebrecht.

Num movimento contra a corrupção e a favor da ética, não se vê nenhuma instituição ou movimento pedindo que Skaf pelo menos se licencie do cargo.

Quando um ministro é confrontado com uma denúncia, sofre tanta pressão que acaba por renunciar.

Muitos saem dizendo que “vão provar sua inocência”.

Skaf era aliado do PT, recebeu propina do esquema sujo do PT com a Odebrecht e está na lista do Janot, mas não precisa provar nada pra turma que ele tanto ajuda a protestar contra a corrupção.