O vereador novato Alexandre Matias, mandou orifício pra Câmara dizendo que dispensa o carro alugado e o telefone celular.

Bacana.

Carro alugado é realmente desnecessário.

Muitos vereadores concentram suas ações na própria Câmara e não usam o carro de maneira tão intensa a ponto de justificar o aluguel.

O que deve ocorrer é o ressarcimento do combustível para os casos em que o vereador realmente se desloque a trabalho.

Faço isso na minha empresa e muitas empresas também fazem o mesmo.

Tem até uma formulinha que o pessoal aplica pro ressarcimento.

A Câmara deveria ter um carro apenas para o presidente e eventuais deslocamentos mais longos para atividades de representação.

Quanto ao celular, é justo que o gabinete disponha de um para uso da equipe ou do vereador.

Usa-se muito o telefone na atividade parlamentar e também deveria ocorrer o ressarcimento.

Então fica muito mais simples e fácil disponibilizar uma linha ao vereador, para que ele a use em sua atividade.

Ah!, mas os caras acabam usando o telefone da Câmara pra falar durante horas com a sogra, mandar zap pra amante e marcar hora na manicure.

Bom, aí vai de cada um.