• A campanha de Blumenau já tem um grande vencedor.
  • Valmor Schiochet.
  • Valmorzão só conseguiu entrar na disputa porque a oligarquia petista local pulou fora.
  • Décio, Ana Paula e J. Forest farejaram a derrota, se agarraram a um bote salva-vidas e abandonaram o navio.
  • Conheço pouco o Valmor.
  • Mas conheço o suficiente para dizer que é intelectualmente honesto e acredita nas coisas que diz.
  • Poeta sonhador.
  • Mas sincero e verdadeiro.
  • Faz uma campanha bonitinha, simpática, sem ranço ideológico.
  • Um grande achado foi sua vice.
  • Sandra Pinheiro se expressa bem.
  • É articulada, tem ideias próprias.
  • Gostei de uma entrevista dela na TV, a vivo.
  • Não lembro a emissora.
  • A repórter pergunta: “Quem é Sandra Pinheiro?”.
  • “Tenho 53 anos, sou solteira, tenho um filho”.
  • Para muita gente foi mais ou menos como se ela tivesse dito:
  • “Tenho 53 anos e sou solteira, porra. Tenho um filho, caralho. Algum problema? Vai encarar?”
  • Fico pensando em quantas mulheres não têm a sorte dela, presas a convenções e sem condições de darem seu grito de liberdade.
  • Não tenho ilusões.
  • Sou pragmático.
  • Não votarei no Valmor.
  • Não estou à procura de propostas ideológicas, de sonhos ou utopias.
  • Mas talvez você esteja pensando em alguma candidatura alternativa, num candidato sincero, em alguém que realmente acredita no que diz.
  • Então vote Valmor Schiochet
  • O número dele é 13.
  • Boa sorte, Valmor.
  • Boa sorte, Sandra.
  • Não tamo junto.
  • Não votarei em vocês, mas torço para que sigam adiante.
  • Diversidade é preciso.