• Deu no Santa de hoje que um “grupo de consultores independentes, formado por advogados, economistas e engenheiros” (cujos nomes não foram divulgados pelo jornal) está questionando o valor atual da passagem de ônibus em Blumenau.
  • De acordo com o “grupo de consultores independentes, formado por advogados, economistas e engenheiros” (cujos nomes não foram divulgados), o valor foi elaborado estando incluído o valor da manutenção dos terminais pelo Siga.
  • O “grupo de consultores independentes, formado por advogados, economistas e engenheiros” (cujos nomes não foram divulgados) vai denunciar o troço ao MP.
  • Alguém precisa avisar aos integrantes do “grupo de consultores independentes, formado por advogados, economistas e engenheiros” (cujos nomes não foram divulgados), que:
  • 1)Estamos sob contrato emergencial.
  • 2)A prefeitura já avisou que na nova licitação retoma o modelo antigo.
  • O custo da manutenção divulgado pela prefa é de R$ 160 mil mensais.
  • Quantos milésimos de centavos esses cívicos senhores pretendem baixar da passagem?
  • A coisa não tá mesmo fácil.
  • Estamos tão cagados que agora temos até um “grupo de consultores independentes, formado por advogados, economistas e engenheiros” (cujos nomes não foram divulgados) pentelhando as coisas.