• A principal futrica do dia foi a notícia da venda da RBS em SC.
  • Paulo Alceu, ex-RBS e atual RIC, publicou no Twitter que a RBS vendeu suas operações em SC para o investidor gaúcho bilionário Lírio Parisotto.
  • Pra nós isso significaria que o Santa mudaria de dono pela 87ª vez.
  • Logo a RBS expeliu uma nota oficial negando o troço.
  • Paulo Alceu reagiu com o seguinte comentário, meio que bancando a coisa:
  • “Não é de hoje que conversas de bastidor envolvem a venda da RBS de Santa Catarina. Abordei este tema nesta sexta feira de Carnaval de que teria sido concretizada a venda da operação aqui no Estado para o investidor Lírio Parisotto. Um assunto recorrente nos meios empresariais e políticos. A RBS, por sua vez, em nota oficial objetiva negou a transação comercial afirmando continuar operando normalmente em Santa Catarina. Claro que por trás de uma venda que se comenta o envolvimento de R$ 700 milhões haja uma série de interesses e implicações. Trata-se de uma concessão pública que exige anuência dos concessionários ou seja do governo federal. Sem entrar em detalhes nas repercussões de mercado devido à troca de comando de uma empresa de comunicação que escreveu uma história e escreve. Vamos aguardar o desenrolar dos fatos….”