Mais uma assembléia dos motoristas resultou em nada e a greve continua.

Sindetranscol não marcou nova assembleia e nem sei se adiantaria.

Justiça do Trabalho mantém decisão de bloquear grana do Siga apenas para pagar salários de dezembro, mas sem incluir o 13º, principal reivindicação da categoria.

Além disso a Justiça pediu uma investigação em relação a uma recusa do Sindetranscol em não levar à votação uma proposta da Glória.

Estava na hora de alguma instância judicial colocar o pau na mesa e forçar uma negociação.

O Sindestrancol deveria rever sua estratégia de intransigência, como já fizeram os trabalhadores da Rodovel.

Cada dia a mais sem faturar custará ainda mais às empresas para que possam parcelar o 13º e ainda garantir o próximo salário.