• Impressionante o bovinismo político de Blumenau.
  • Somos esnobados pela UFSC, Décio não faz nada, Ideli não faz nada, ninguém faz nada e aceitamos passivamente até mesmo a decisão da UFSC em levar seu puxadinho para outra cidade.
  • A prefeitura, em vez de engrossar a voz, em vez de brigar com vontade, destaca em seus releases à imprensa que a cidade “está na disputa para ser sede do campus com pelo menos mais três cidades, Ascurra, Indaial e Gaspar” e que “Blumenau se destaca na visão de Roselane”.
  • Isso mesmo: estar na disputa com Ascurra já nos faz sentir importantes.
  • Que maravilha!
  • O campus da UFSC tem que vir para Blumenau porque essa determinação veio da Dilma e depois do Ministério da Educação.
  • A UFSC é uma instância inferior nessa escala de poder e não dá pra entender como nossos políticos ficam mudos como galinhas medrosas quando um gambá velho ronda o galinheiro.
  • A ida do campus da UFSC para outra cidade qualquer será um prejuízo político, histórico e estratégico incalculável para Blumenau.
  • Será o fim de qualquer expectativa de uma parceria com a Furb.
  • O campus da UFSC pode começar pequeno, mas a tendência, com o passar dos anos, é que cresça e aproveite a estrutura da Furb, numa possível associação.
  • No futuro, com novas gestões em Brasília, com políticos menos cagões em Blumenau (será que teremos isso um dia?) e com gente sem tanta má vontade por aqui como a reitora Rosicleide, uma parceria UFSC x Furb poderá resultar numa universidade federal emancipada.
  • Mas se as nossas galinhas medrosas deixarem a UFSC ir pra longe agora, estaremos perdidos para sempre.