• Blumenau começou aquele lero-lero do Plano Municipal de Educação.
  • Prefeitura e seus “gestores” têm um ano pra montar o bagulho.
  • Blumenau nunca teve um plano desses.
  • Por aqui criaram até uma Comissão Técnica Municipal, só com gente de primeira linha, tudo neguinho capacitado, a fina flor da sapiência.
  • Depois vai ter uma Conferência Municipal.
  • O troço parte de 308 estratégias.
  • Impressionante o quanto rola de balela, lero-lero e nhem-nhem-nhem na área de educação.
  • Podiam deixar essa farofada toda para quando os alunos sairem da escola sabendo pelo menos a taboada do 8 e que concurso para professores exijam que os candidatos saibam fazer conta de dividir com duas casas sem copiar do livro.
  • Estive na Câmara hoje e filmei um arranca-rabo entre o Ivanzão e o FF.
  • Depois do arranca-rabo em plenário, que teve soco na mesa do Fábio Fiedler e xingamento do Ivanzão, os dois se atracaram de novo do lado de fora.
  • O tenso reencontro dos dois você vê no segundo filme.
  • Eu vejo tudo e não morro.
  • Hoje descobri que a Câmara não tem apenas uma Sala Secreta, mas tem também um fumódromo secreto, que fica no telhado, onde rolam alguns conchavos de vez em quando.
  • Eu não fumo nem nunca fumei, mas pego um “simidão” de vez em quando pra fazer fumaça.
  • Hoje filei um cigarro do Jefferson Forest. O Ivanzão e o Sergio Popperestavam junto, mas não fumaram.

    Becker e Vanderleizão apareceram em seguida pra fumar escondidos da plebe.

    Catei um "simidão" do J. Forest

    Catei um “simidão” do J. Forest

  • Eduardo Cunha, eleito pela Vejona como o Rambo programado para matar o Governo Dilma, tomou uma pressãozinha e já mijou pra trás.
  • O PSDB, tradicionalmente frouxo e vaselinão, rachou e recuou.
  • Ou seja: o projeto da terceirização subiu no telhado junto com os valentões de cuecas borradas.

Três grandes mistérios perpassam o seio da sociedade blumenauense neste momento:

  1. Quem tem razão na pendenga do Juro Zero? A prefeitura diz que o Badesc prorrogou o troço. O Badesc diz que não prorrogou nada.
  2. Se o dinheiro para a Ponte do Centro está garantido pelo BID, porque (segundo o Pancho) Napoleôncio foi pedir grana no Ministério da Cidades pra fazer ela?
  3. Por que a PM foi fotografar os carros da Câmara no domingo à tarde? Quem mandou? Qual o objetivo?
  • Vadinhão está propondo uma lei que troca as multas de trânsito por uma Lei Educacional.
  • O bêbado irresponsável infrator e desrespeitador da lei não vai mais sentir no bolso o reflexo de sua penalidade.
  • Ele vai trocar o prejuízo por advertências por escrito e, após reicindir 300 vezes, então irá participar de uma palestra educativa.
  • Vadinhão não esclarece se a lei prevê que a palestra moralizante seja ministrada pelo Célio Dias ou o Luis Carlos Prates.
  • Vadinhão também não disse se a lei vai prever massagem nos pés dos infratores, aplicada por ele mesmo.

Dilma se manifestou contra a redução da maioridade penal.

Mais um motivo pra lei ser aprovada.

  • Adoro ver especialista falando coisas na imprensa.
  • Quero ser especialista também.
  • Os especialistas geralmente são pessoas especialistas em alguma coisa, mas elas não precisam saber detalhes do caso específico de que estão falando, pois, do ponto de vista da jornalistada que campeia neste país, o simples fato de serem especialistas as torna aptas a opinar até mesmo sobre casos pontuais que não conhecem em profundidade.
  • Hoje o Santa ouviu o especialista Alexandre de Sá Oliveira sobre a privatização da Área Azul.
  • Alexandre é pós-graduado em Gestão de Cidades.
  • O sujeito é a favor da privatização da Área Azul, mas não aponta os motivos técnicos para isso.
  • Aliás, nem a prefeitura revelou ainda os motivos técnicos e a ideia está passando por análises finais.
  • Mas mesmo assim o especialista diz que é a favor porque “a medida vai democratizar o uso das vagas”.
  • Não entendi qual o impacto da cobrança pública ou privada sobre a democracia das vagas de estacionamento.

Há uma guerra de trambolhos em Blumenau neste momento.

De um lado a RBSTV anda espalhando uns trambolhões de compensado com a Campanha Viva Blumenau.

A RIC inventou uma outra campanha motivacional chamada Sou Bem Blumenau.

Neste final de semana enfiaram o trambolhão da RIC na frente da prefeitura, ao lado da Macuca.

O trambolho da RIC nos obriga a uma reflexão constante: tentar descobrir o que está escrito nele, já que com esse emaranhado de cores fica difícil entender.

  • Em coletiva na prefeitura nesta manhã, a dupla de violeiros caipiras Vadinho & Napoleão apresentou algumas novidades no Seterb, entre elas a revisão, para cima, do limite de velocidade de diversas ruas.
  • Também inventaram um projeto em que o sujeito que cometer infrações leves poderá trocar a multa por assistir uma palestra educativa na Escola de Trânsito.
  • Também haverá um aplicativo, a ser lançado, em que o sujeito poderá saber, ao sair de casa, o limite de velocidade das ruas pelas quais pretende passar.
  • Muito útil pros deficientes visuais e preguiçosos mentais que não conseguem enxergar os limites nas placas.
  • Só não gostei da decisão de obrigar os guardas e usar cones e ficar bem visíveis nos locais onde usam o radar móvel.
  • Isso só serve pra livrar a cara dos infratores recorrentes e irresponsáveis.
  • Esses caras deveriam tomar três multas por dia e deveriam ser amarrados em postes, sendo liberados somente após levarem duas chibatadas do Célio Dias e do Vadinho.
  • De qualquer forma as medidas são sensatas e, além de corrigir distorções, aplacam as críticas dos que vivem abrindo berreiro por causa das multas.
  • Os vereadores chorões, a partir dessa reformulação, poderiam agora eles mesmos apresentar suas sugestões de ruas onde querem que a velocidade seja acima de 300 km por hora, para encerrar de vez esse assunto.

    Leia no JORNAL DE BLUMENAU

PM e organização calcularam em 12 mil os manifestantes em Blumenau na passeata dominical de ontem.

Com base em fotos e medições sensitórias, eu acho que a coisa chegou nos 7 mil.

Cheguei perto de uma rodinha de PMs, onde os palpites variavam de 5 a 6 mil pessoas.

Sempre lembrando que os dados do Datacarlos geralmente não batem com os da PM assim como os dados do Datafolha não batem com a PM de SP.

Na primeira manifestação de Blumenau o Datacarlos falou em 20 mil e a PM em 45 mil. Em São Paulo a PM de SP falou em 1 milhão e o Datafolha em 210 mil.

Hoje o Datafolha disse que em SP teve 100 mil e a PM falou em 275 mil.

A baixa adesão deixou os ambulantes blumenauenses desacorçoados.

Ouvi o dono da Lanchonete Delícia Pura, na Amadeu da Luz, dizendo que na vez passada ficou sem produtos, mas que agora comprou o dobro de coisas e não vendeu nada.

Na frente da prefeitura um sujeito descartava o gelo quando cheguei, maldizendo a decisão de ter reforçado o estoque.

Dilmão tirou o time de campo, o governo ficou quieto e evitou tirar vantagem, pra não cutucar a onça dorminhoca.

Parece que andaram combinando mais um passei dominical não sei pra quando.

 

Ontem na Cãominhada descobri que existe o Cepread Móvel.

Já temos o Jovino Móvel.

O Procon Móvel.

O radar móvel.

Só falta arrumar alguma obra que seja móvel e ande.

  • Sempre se roubou no Brasil, quase sempre com as mesmas empreiteiras.
  • A Andrade Gutierrez foi fundada em 1947, a Odebrecht em 1923 e a Camargo Correa em 1926.
  • Estiveram em falcatruas desde antes do Getulio, passaram pelo Juscelino e floresceram nos anos 70 com o Milagre do Brasil Grande.
  • O problema do PT não é roubar com as empreiteiras de sempre.
  • O problema dos petistas é que eles vão com muita sede ao pote.
  • O PT buscou comparsas entre chinelões e malandros de esquina, investindo no varejo.
  • Como eram pobretões, os petistas se empapuçaram, tiveram congestão e agora sofrem com uma caganeira moral.
  • A roubalheira do PT pode até ser menor do que as do Maluf, Sarney, ACM e todos os ladrões abrigados pelo regime militar, mas ela é mais visível.
  • O PT deu azar.
  • Ao contrário dos militares, o partido chegou ao poder pelo voto, numa época de plena democracia.
  • O sonho das esquerdas sempre foi tomar o poder pela força, assim como os militares, governando pela força como eles, sem oposição nem imprensa livre.
  • Pra você, petista, que se acha vitimado pelo PIG, eu lhe digo: bem feito.
  • O PT é, sim, vítima do PIG nas forçações de barra, mas é, antes de tudo, culpado por ter um olho maior que o estômago, por ser guloso, prepotente, egocêntrico, por ser burro, tacanho e rasteiro na hora de roubar.
  • Pelo menos isso podiam ter aprendido com o amigo Maluf.
  • Ministério Público Federal investiga falcatruas de militares brasileiros na compra de jatos suecos, que foram superfaturados em quase 1 bilhão de dólares.
  • Empresas de fachada em nome de parentes de militares teriam sido criadas pra desviar comissões e propinas.
  • Mentira!!!!
  • Calúnia!!!!
  • Isso é uma campanha vil e torpe do PT pra denegrir a imagem dos militares e impedir sua volta ao poder!
  • Os militares são pessoas honestíssimas, éticas, dotadas de moral ilibada e caráter sem jaça!
  • Os militares representam a retidão moral e a defesa intransigente dos valores cívicos. E isso assusta o PT!.
  • As Forças Armadas são uma instituição pura, blindada contra os males da corrupção e da desonestidade.
  • No protesto de amanhã estarei vestido de general quatro estrelas e vou reforçar os cartazes de apoio aos militares.

Vadinhão já começou a marquetagem dele.

Conseguiu até o Salão Nobre pra fazer um ôba-ôba sobre mais uma daquelas campanhas de humanização do trânsito.

Aliás não entendo essa coisa de querer humanizar o trânsito, já que quase tudo o que acontece de ruim é justamente resultante do fator humano.

Se humanizar ainda mais, a coisa vai ficar pior;

Espero que pelo menos ele faça o mesmo que o Matias fez no Samae.

Na última coletiva, o Matiazão providenciou um belo breakfast, com suquinho de laranja, café e docinhos.

O Ricardão também faz isso, por isso a galera acha ele legal.

Esse tipo de coisa é bom porque, se tem comida, a jornalistada pelo menos não perde a viagem.

Mário disse que a Câmara vai abrir licitação pra novo contrato do sistema de votação.

Espero que a atual empresa concorra e perca.

O painel é horroroso.

Quando era marceneiro em Rio do Oeste e jogava futebol no meio do pasto, eu era capaz de fabricar tabelas bem melhores para anotar o placar das peladas.

Ivanzão foi na tribuna e reclamou da tramitação de projetos na Câmara.

Disse que projetos de vereadores amigos dos integrantes da CCJ são liberados para seguir adiante e os dos inimigos vão pro arquivo.

Logo em seguida o Celião candidamente tomou a palavra para dizer que é isso mesmo: na Comissão de Justiça, ele aprova projetos de vereadores que apoiam projetos dele e veta os de vereadores que não apoiam ele.

Falou, voltou pra mesa e não foi preso em flagrante delito nem indiciado por quebra de decoro.

Numa camerazinha um pouco mais séria a turma já tinha apeado ele da função.

  • Momento alto da sessão de hoje: debate acalorado entre Ivanzão e Cézar Cim sobre a pintura de uma faixa de pedestre.
  • Cimzão, que já havia falado das obras invisíveis do Napoleôncio, agora dedica seu tempo a dizer que a pintura da faixa de segurança é uma “obra importante” e que “incomoda alguns”.
  • Na sessão passada, Vanderleizão requentou a marmita do Tapete Negro.
  • Falou um monte de bobiça e arrastou todo mundo pro fundo do poço de petróleo em que o PT está metido.
  • Chegou a colocar até o Mariolino no rolo do Tapete Negro e vociferou contra a honra dos colegas.
  • O Mariolino rebateu as coisas hoje e disse que vai mover um processo interno qualquer contra o Vanderleizão por quebra de decoro.
  • Um recado pro Mário: não perca seu tempo.
  • Ninguém na cidade dá a mínima bola pras todas as denúncias obscuras e tortuosas que o Vanderleizão faz.
  • Teve uma vez que ele chegou mesmo a denunciar que um vereador havia ameaçado ele de morte e ninguém deu trela.
  • Também já teve uma vez que moveram um processo contra ele e na hora de votar, os colegas ofendidos deram um desconto e livraram a cara dele.


Vereador Vanderlei Paulo requentou marmita na Câmara

  • Ivanzão na Câmara reclamando que não tem mais aquele monte de ônibus de turismo na cidade tirando foto da prefeitura.
  • Simples: quando tinha muito turista, a turma reclamava que tinha turista demais e que os ônibus incomodavam ao estacionar na frente dos hotéis pra desembarcar a galera.
  • Hoje está como sempre quisemos.
  • Os ônibus de turistas não enchem mais o saco de ninguém, os hotéis apodreceram e ninguém reclama mais de nada.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Twitter

Comentários

Gerimum Jones em Firulas educacionais
Ricardo em Atracados
Ricardo em Firulas educacionais
Alcione em Firulas educacionais
Miguel José Teixeira em O fumódromo secreto

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 207 outros seguidores

Agendoca

abril 2015
S T Q Q S S D
« mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Blog de Carlos Tonet

Jornalista e marceneiro

Crítica (non)sense da 7Arte

Blog com críticas de cinema; Blog with coments about cine; Blog con críticas de películas

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 207 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: