Esse pessoalzinho da NSC me deixa nervoso.

Uma mulher forte, tirolesa e equilibrada.

A região onde o cara nasceu vira qualificação.

Carlos Tonet, sujeito medroso, covarde e rioestense.

Paulina veio ao Brasil aos 10 anos “acompanhada da família”.

Em se tratando de qualquer outra criança de 10 anos a situação seria inversa.

A família decidiria vir ao Brasil e a criança acompanharia a família.

Mas a como era forte, tirolesa e equilibrada, a pequena Paulina decidiu vir ao Brasil e a família não teve outra escolha senão acompanhá-la.

Ai meus bagos.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto
A imagem pode conter: céu, nuvem, árvore, atividades ao ar livre e natureza

Fui na apresentação do projeto de restauro da belíssima, maravilhosa, charmosa, encantadora e acolhedora Igreja Luterana do Centro.

Começaram a fazer em 1868.

Acabaram em 1877.

O projeto de restauro demorou 3 anos para aprovação no IPHAN.

Vai custar 5 milhões e 200 mil reais pra reformar tudo.

A igreja é patrimônio histórico nacional.

Uma pequena joia arquitetônica.

O projeto de restauro foi aprovado pela Lei Rouanet.

Qualquer pessoa pode ajudar com qualquer valor.

Pessoa física pode doar até 4% do seu IR.

Empresas podem doar até 6%.

É bem simples de fazer, até eu e tu podemos doar.

O valor é descontado do IR.

Ou seja, se você declarar uma renda anual de R$ 50 mil, você pode separar R$ 2.000,00 para a obra em vez de deixar que o dinheiro seja usado num jantar do Rodrigo Maia com a Erika Kokay e a Gleisi no Piantella.

Ricardo Stodieck está chefiando a Comissão de Captação de Recursos.

E não adianta você atravessar a rua quando o encontrar.

Ricardão faz parte da Tropa de Elite osso duro de roer.

Pega um pega geral também vai pegar você.

Tem também cotas especiais de patrocínio.

Informações: 47 3322-0587 ou 98489-7441.

Conta aprovada pela Lei Rouanet:
Banco do Brasil
Ag. 3126-7
C/c: 28258-8
Comunidade Evangélica de Blumenau
Paróquia Luterana Blumenau Centro
CNPJ: 09.483.172/0001-38

Lanzarin esteve hoje na Nereu falando sobre projetos para a Câmera de Vereadores.

Lanzarin está gostando bastante de planejar.

Falou 4.678 a palavra planejamento.

Além do planejamento o Lanza tem destacado seus quatro eixos:

  1. Eixo da comunicação
  2. Eixo da tecnologia
  3. Eixo da gestão
  4. Eixo dos investimentos

O projeto da sede própria da Câmera vai custar 10 milhão e deve ficar pronto entre 6 a 8 anos.

Lanzarin reclamou que a turma reclamam muito da Câmera.

“Se a gente paga aluguel o pessoal reclama, agora reclamam do custo da nova sede”.

Na verdade o que o povo reclama é dos gastos da Câmera como um todo.

CAMINHÃO TOMBADO NA CURVA DA HISTÓRIA

20 anos atrás Blumenau tinha 21 vereadores e 18 funcionários.

Isso mesmo: 21 vereadores e 18 funcionários.

Hoje temos 15 vereadores e 230 funcionários.

Isso mesmo: 15 vereadores e 230 funcionários.

É uma estrutura monstruosa gigantesca desnecessária.

Noss Câmara era exemplo para o Brasil em termos de eficiência e economia.

Mas nosso caminhão tombou em alguma curva da História e nos levou ao desastre que vemos hoje.

ATITUDE

Blumenau deveria ter 9 vereadores, com sessões uma vez por semana.

Com menos tempo pra discurso e abraços pra turma da bocha, teremos mais produtividade e se pode votar tudo o que é preciso, além de sobrar mais tempo para as discussões

Lanzarin e os demais vereadores precisam saber que o povo não reclama de gastos quando há retorno.

O que se vê nos últimos anos em Blumenau é a exibição pública e indisfarçada de uma grande voracidade por cargos entre os vereadores, que vêm fazendo os prefeitos de refém.

Isso salta aos olhos.

É disso que se reclama: da atitude.

O resto é detalhe.

Câmera de Blumenau vai lançar novo pregão no cu do povo, perdão, digo, novo pregão pra selecionar empresa que vai gerenciar a TVL.

O contrato anual hoje é de 1 milhão e 400 mil por ano.

O novo pregão no cu do povo, perdão, digo, novo pregão pro novo contrato vai ficar em 1 milhão por ano.

Descontados os recessos, R$ 100 mil por mês.

R$ 12,5 mil por sessão.

Mais ou menos R$ 3 mil por hora de sessão.

Quando eu for presidente da Câmera vou extinguir a TVL.

Não faz sentido aquele troço.

Mas como ficam as sessões?

Mete um celular, transmite pela Internet, salva e põe no site.

E as entrevistas com vereadores?

Cada um grava a entrevista que quiser, com o tempo que quiser, diz o que quiser e coloca no site.

Mas e os bueiros, os capoeirões, os torneios de bocha?

Cada um filma o seu bueiro e colocamos no site.

E as sessões solenes?

Sessão solene ninguém vê. Faz duas fotos, coloca o site e tchau.

Pronto.

Tá resolvido.

Confira o lançamento do PPV – Programa de Privatização de Vereadores, que anunciei no Cafezinho com o Tonet da Nereu.

Programa único no mundo, inspirado no programa de privatizações do prefeito Mário.

São quatro modalidades: Privatização, Concessão, Cotas e Future-se.

A ideia é tornar os vereadores autossustentáveis.

No vídeo também passo uma lista com o nome dos seis primeiros vereadores a serem privatizados: Bruno Cunha, Jovinão, Lanzarin, Becker, Adrianão e Sylvio Zimmermann.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Dois arigós estaduais, digo, deputados estaduais, Marcius Machado e Nilto Berlanda, aquele das lojas, ingressaram com projeto de lei querendo proibir o 5G em SC.

Baseados numa lorota do picaretão Lair Ribeiro.

Os manés acreditaram no boato já desmentido da morte de 500 pássaros na Holanda por causa do 5G.

Que falta faz o teste do pezinho na diplomação dos deputados.

Mas o pior é pagar o salário de 22 assessores, que no caso desses dois somam 44, e nenhum deles ter a capacidade de checar o boato na internet.

Virou mania da turma aquele aplicativo que envelhece as pessoas.

Envelheci o nosso prefeito e os nossos últimos três prefeitos.

O JPK ficou com a aparência mais velha.

Já o Mário ficou com a cara do Fernando Gabeira.

Napoleão ficou quase parecido com o Bil Clinton.

O Décio parece o Oliver Stone velhinho.

Envelhecemos o Mário, JPK, Napoleão e o Décio
Mário ficou cara do Gabeira
JPK foi o que mais envelheceu
Decião puxou um pouco pro Oliver Stone
Napoleão fica mais ou menos parecido com o Bill Clinton

Agosto de 1982.

O jovem Carlos mudava-se de Rio do Oeste para Blumenau.

Bati perna na XV pedindo emprego em lojas e escritórios de contabilidade.

Frequentei muito a XV porque morava no Trevo da Velha, que é pertinho, e eu ia a pé, seja pro cinema ou pruma lanchonete.

Muita coisa mudou nesses 37 anos.

Mudou a moda, os cabelos, o jeito de se comunicar, mudou a gastronomia de Blumenau, ganhamos a Oktoberfest, os shoppings.

Tudo mudou, menos a XV.

Nenhum prédio novo além daquele da Dudalina.

Só mudou o calçamento.

De resto continua tudo lá.

Até mesmo a fauna humana que a frequenta parece não ter mudado.

Parecem ser as mesmas pessoas, as mesmas roupas, o mesmo jeito, o mesmo comércio.

Quando perambulo por lá em dias de semana parece um retorno ao passado.

Me bate uma certa nostalgia.

Metropolitano desistiu de disputar a Copa Santa Catarina.

Um alívio pra todos nós, que seremos poupados de mais uma lenta agonia pela imprensa.

O clube precisava de R$ 300 mil.

Se conseguisse R$ 150 mil com um patrocinador, faria a inscrição e correria atrás dos outros R$ 150 mil durante 60 dias.

Devemos agradecer a esse patrocinador que deu pra trás.

Ele nos livrou da agonia de ver a penosa e sufocante busca pelos outros R$ 150 mil.

Lembrando aos senhores que R$ 150 mil é o preço do Jeep Compass Longitude 2.0 Diesel AT9 4×4 que os senhores encontram aos montes por aí.

Tava pensando carcomigo: não sei se perdemos muita representatividade nas últimas eleições.

Vejamos nosso desempenho de 2014.

Para federal elegemos Décio JPK.

Décio foi carta fora do baralho.

JPK virou secretário, não teve importância como deputado.

Agora vamos aos estaduais: JeanIsmaelAna Paula.

Ana Paula foi carta fora do baralho no sentido de puxar coisas pra cá porque era oposição.

Ismael cuida das ovelhinhas do rebanho dele de olho na próxima eleição e só.

Jean mais preocupado em defender o governo do que ele mesmo.

Ou seja, somamos praticamente nada a coisa alguma.

Agora vejamos o quadro atual.

Âmbito federal:

Peninha é amigão do Bolso, trouxe ele pra Oktober e pra Blumenau mais de uma vez.

Pode ser estratégico, se houver uma aproximação.

Amin está em alta.

Amin teve 54 mil votos na cidade.

Sempre ajudou Blumenau e se interessou pela cidade.

JPK é assessor dele.

Uma aproximação com ele daria bons resultados.

Tem ainda o Gilson do Novo de Pomerode.

Alinhado com muitos pontos do governo Bolsonaro.

Fala-se que o partido poderia lançá-lo candidato a prefeito de Blumenau, talvez sim, talvez não, não sei.

Também dever-se-ia buscar uma aproximação com ele.

Ângela Amin, é natural de Indaial.

Sempre ligada nas coisas do Vale.

Mais uma que pode render frutos com uma aproximação.

São quatro nomes com grande potencial: a Ângela, o Amin, o Gilson do Novo e o Penoso.

Somando tudo, bem trabalhado, pode ser até melhor do que elegemos em 2014.

(Nessa equação não entra o Dalirião, pois não o elegemos).

No quadro estadual, Ivan e Alba em poucos meses têm se destacado muito mais que o Ismael e o Jean em 240 anos de mandato acumulados.

Podem ainda render bons frutos.

Cabe uma aproximação também com eles, alinhar objetivos em comum.

E julgar o comprometimento de todos nas eleições de 2022.

Enfim: talvez nossa situação não esteja tão ruim em termos de representatividade se soubermos fazer os alinhamentos corretos.

O fim do toma lá dá cá do Bolsolão está trazendo de volta um antigo fenômeno político: o papel dos governadores.

Os governadores sempre tiveram peso importante nas articulações políticas.

No fim das contas, muitos deputados e senadores vivem colados no saco dos governadores.

Governadores são importantes nas eleições estaduais, onde, afinal, são eleitos os senadores e deputados.

Lula e o PT quando assumiram escantearam os governadores e passaram a comprar deputados a quilo, através do Mensalão, com parte dos recursos que roubavam da Petrobras, fundos de pensão, etc.

Agora o Mito recoloca os governadores como protagonistas, conseguindo até que todos assinassem documento pela reforma da Previdência, como forma de pressionar os parlamentares.

Com os governadores a conversa se torna pública e cada governador pode ser pressionado pelos eleitores, ao contrário dos grupelhos de deputados comprados anonimamente pelo PT nas sombras.

Resultado de imagem para why not landim

Acabo de ler o livro “Why Not”, de Raquel Landim, jornalista de viés esquerdista haddadista antimito que começou a acompanhar a saga da JBS no Estadão e hoje está esquerdizando na Folha.

O livro narra a história da JBS, com detalhamento dos rolos envolvendo as corrupções com o PT, BNDES, etc.

O livro é muito bom porque tem muitos detalhes e revela bastidores bem interessantes.

Eu já era fã do Joesley e fiquei ainda mais.

O homem é foda, com impressionante visão estratégica, inteligência, faro apurado, intuição aguçada.

Joesley e Wesley são muito bons, se não fossem não teriam construído o império deles, com ou sem a propinagem e ajuda do governo.

O livro é muito bom pra quem gosta de ler sobre gestão e estratégias empresariais – abstraindo-se, claro, o lado gangstero-mafioso dele.

Claro que a jornalista petista lulista tinha que deixar seu esquerdolismo registrado.

Quase no final ela afirma que a nomeação de Moro pelo Mito causou desconfiança na opinião pública sobre sua idoneidade na prisão do Lula.

Não, Raquel, quem tem essa desconfiança é tu e a turma do PT, a opinião pública tá cagando pra vocês e apoiou a escolha, só tu é que não viu.

Tirando isso o resto é uma ótima leitura.

Tem na Amazon.


Tem um pessoalzinho falando em reforma eleitoral.

Fazer com que as eleições sejam tudo de uma vez só cada quatro anos, presidente, vereador, governador, prefeito, deputado e senador tudo junto.

Pra isso os atuais prefeitos e vereadores teriam que ficar mais dois anos.

Sou a favor.

Eleição a cada dois anos enche o saco, é perca de tempo, custa bilhões inutilmente.

Além disso tem aquela história de o governador sempre se meter porque precisa eleger prefeitos que vão apoiar ele dois anos depois.

Essa coisa de ampliar os mandatos já aconteceu com os prefeitos e vereadores eleitos em 1982, que ficaram mais dois anos, indo até 1988.

Se sobrevivemos aos seis anos do Dalto, hoje dá pra adiar a eleição mais dois anos com a turma que taí.

Sempre lembrando que o Paulo França está na prefeitura desde aquela época e nós não morremos por causa disso.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Tava tentando achar link com nível das barragens, mas um especialista me disse que não tem mais aquele de sempre do Deinfra.

Pesquisei e achei um link com barragens ao vivo no site da prefeitura de Rio do Sul.

Só que a turma de Rio do Sul estão preocupados só com o umbiguinho deles e não monitoram a baragem de José Buatê, que fica pra baixo e não incomoda eles.

Aí eu fui no site do AlertBlu e vi que eles estão mamando no site da prefeitura de Rio do Sul.

Ou seja: alguém aí pede prum índio descer o barranco, medir o nível da barragem com uma taquara e colocar no Facebook pra nós europeu acompanhar.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

Eu sempre digo que a imprensa é arrogante pedante prepotente, né?

Pois olha só a arrogância pedância dessa gente:

Os nego acham que vão nos salvar.

Os jornalistas da NSC se autoproclamam O FRESCOR DA ESPERANÇA contra as nossos medos e obscurantismo.

Notem que é “O” FRESCOR DA ESPERANÇA, único, definitivo, absoluto.

É uma pretensão tão ridícula e tosca que chega a doer os dois bagos ao mesmo tempo.

Eu teria vergonha de escrever algo tão arrogante pedante pretensioso.

Mas o fato é que eles se dão essa importância.

Seremos salvos pelos jornalistas da NSC, visto que somos incapazes de levar nossas vidas de forma decente e tranquila sem o pastoreio deles.

O que seria de eu e você sem esse pessoal?

Não sei como agradecer.

Ricardo Alba explicando prum secretário do Moisés onde fica Blumenau e como faz pra chegar até aqui, caso um dia eles queiram vir pra cá.

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Ricardo Alba, pessoas sentadas e texto

Educação: a direitona atrasada obsoleta preconceituosa irá nos salvar da esquerda avançada lacradora corporativista mamadora do estado ineficiente improdutiva.

Essa caganeira toda do corte de verbas na educação, manipulada pela esquerda e mal explicada pela direita, já obrigou as universidades a tirar suas bundas gordas da cadeira para começar a explicar para a sociedade o que fazem e o que não fazem.

O Brasil é um dos que mais gastam no mundo em educação, com 6% do PIB, principalmente na superior, mas o dinheiro não vai pro papel higiênico ou pro muro da escola, vai pros mamadores, altos salários, gratificações, coordenações e dezenas de penduricalhos que as instituições inventam quando entra a grana.

E muito para as aposentadorias precoces especialíssimas a que nenhum brasileiro comum pedreiro jardineiro pintor eletricista jamais sonharia.

Lembram que a Furb andou cortando centenas de gratificações de função quando a água bateu na bunda?

Pois bem, fez falta? Morreu alguém?

Essa turma da educação são assim: se entrar dinheiro, dão um jeito de gastar primeiramente repartindo a grana entre eles.

Os alunos, os museus, os ventiladores que se danem.

E ainda por cima inventaram essa desgraça de eleição direta em escolas e universidades, paralisando tudo por um ano enquanto os nego ficam de conchavo prometendo cargos e gratificações uns pros outros.

E ainda tem os professores, que convenceram todo mundo que com dois meses de férias por ano e se aposentando cedo são uns herois tadinhos muito especiais e diferentes da costureira que fica 35 anos sentada na frente de uma máquina de costura com todas as dores de postura reumatismo e o escambau e que vai pruma facção vagabunda depois de aposentada, enquanto que o professor vai pra Perequê.

A direitona vai ajudar o Brasil ao despertar o pais para os abusos na educação, sua ineficiência, comodismo, corporativismo, regalias injustificáveis e vitimização marqueteira.

As mudanças anunciadas pelo Mário representam as mais radicais alterações estruturais já produzidas na prefeitura.

Mário implantou rédeas curtas e chamou a responsa em diversas áreas.

Ele extinguiu sete autarquias.

Seis foram incorporadas ou transformadas em secretarias e uma delas, a URB, foi fechada:

  1. Seterb deixa de ser um órgão e se transforma na Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte.
  2. Faema é extinta e se transforma na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade.
  3. Fundação Municipal de Desportos deixa de existir e passa a ser Secretaria Municipal do Esporte.
  4. A Fundação Pró-Família deixa de existir e vira a Secretaria Municipal da Família.
  5. A Fundação Cultural é extinta e substituída pela Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais.
  6. Vila Germânica deixa de existir e é incorporada pela Secretaria de Turismo.
  7. URB foi extinta e suas funções foram terceirizadas.

Todas as estruturas existentes para a prestação dos serviços são mantidas.

A prefeitura prevê uma economia inicial de R$ 14 milhões até o final de 2020.

Essas mudanças reduzem os gastos com pessoal e desburocratizam a gestão.

RÉDEAS CURTAS

A reforma apresentada é a mais radical jamais feita na prefeitura e concentra ainda mais a gestão nas mãos do prefeito.

Formado em Administração de Empresas pela Furb e pós-graduado em Ciências Contábeis pela FGV, Mário tem especial apreço pelas coisas da gestão e entende que o prefeito deve ter participação efetiva no controle de gastos e investimentos em todas as áreas.

No caso de Blumenau todas essas áreas passam agora a funcionar sob supervisão direta doComitê Gestor e do próprio prefeito.

Mário tem reiterado que objetivo das mudanças é gastar menos com a atividade meio e colocar mais dinheiro na prestação dos serviços ao cidadão.

É sem dúvida um novo modelo para a gestão pública municipal e aumenta a carga de responsabilidade do prefeito, que passa a controlar as contas com rédeas curtas e também passa a ser cobrado diretamente pelos resultados.

Mário puxou várias buchas pra mais perto de si e chamou a responsa.

É o que se espera de todo administrador.

Carlos Bolsonaro pode se mudar pra Blumenau.

Você no Giassi na mesma fila do caixa com Carluxo.

Carluxo na Cooper enchendo o growler com a Ipê Amarelo.

Carluxo ligando pra Nereu reclamando que tem muito capim na rua dele.

Carluxo com o poodle na Cãominhada.

Olavo de Carvalho subitamente começa a atacar o Mário e Carluxo compartilha.

Carluxo na zumba do Ramiro.

Carluxo no Twitter atacando o Marcelo Schrubbe após ser multado pelo secador do Seterb.

O prefeito Mário usou o raio desgourmetizador e desgourmetizou os nomes das secretarias.

Para nossa alegria e satisfação, todos aqueles nomes quilométricos e empombados que a turma do Napoleão criou foram aniquilados.

Nossa velha e querida Secretaria de Obras voltou a ser apenas a Secretaria de Obras, nome curto e grosso.

A Seplan voltou a ser Secretaria de Planejamento.

Defesa Civil também.

O próprio Mário dava umas perdidas em cima desses nomes.

Alguns secretários tiveram que fazer curso de seis meses nos Estados Unidos pra decorar aqueles nomes todos.

Veja os novos nomes de secretarias desgourmetizados:

  • Gabinete do Prefeito
  • PGM – Procuradoria Geral do Município
  • CGM – Controladoria Geral do Município e Transparência
  • Secretaria Municipal de Gestão Governamental
  • Secretaria Municipal da Fazenda
  • Secretaria Municipal de Planejamento Urbano
  • Secretaria de Comunicação Social
  • Secretaria Municipal de Obras
  • Secretaria Municipal de Defesa Civil
  • Secretaria Municipal de Mobilidade Sustentável
  • e Projetos Especiai
A imagem pode conter: 1 pessoa, tela

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Twitter

Comentários

Miguel José Teixeira em Os 4 eixos do Lanzarin
Miguel José Teixeira em Os 4 eixos do Lanzarin
Alcione em Os 4 eixos do Lanzarin
Marcelo em Os 4 eixos do Lanzarin
Carlos Alberto D´ávi… em Os 4 eixos do Lanzarin

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 3.829 outros seguidores

Agendoca

setembro 2019
S T Q Q S S D
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos

Blog de Carlos Tonet

Jornalista e marceneiro

Crítica (non)Sense da 7Arte

Blog com críticas de cinema

%d blogueiros gostam disto: